↑ Voltar para Remo

Imprimir Página

RE x PA e o TABU

O clássico RE x PA, o maior do Estado e da região Norte, e o mais disputado em todo Brasil, começou a ser disputado no dia 10 de junho de 1914. O confronto de estreia entre Azulinos e bichalores foi travado num modesto campo, digno das “peladas” de hoje em dia; ele ficava localizado onde hoje está o conjunto habitacional do IAPI, no bairro de São Brás. Os Azulinos derrotaram o PSC pela contagem de 2 a 1, em jogo valendo pelo Campeonato Paraense daquela temporada, que acabaria tendo o Remo como seu grande vencedor. Era o segundo título do Leão, que já havia sagrado-se campeão de 1913. Hoje, o Leão já soma 41 títulos estaduais. (Atualizado em 06 de maio de 2007)

Ao longo da história do clássico RE x PA, foram disputadas 696 partidas, com 246 vitórias do Leão contra 218daquela coisa“. Os dois times empataram 232 vezes. O Remo marcou 899 gols, enquanto o PSC 890. Aconteceram ainda cinco “WO”: 05.10.1919 (Para o Remo); 28.11.1920 (Para o PSC); 31.08.1923 (Para o Remo); 05.08.1976 (Para o PSC); 30.11.1988 (Para o Remo). (Atualizado em 12 de abril de 2009)

O maior TABU da história do parazão foi o que o Clube do Remo aplicou no PSC , de Dezembro de 1992 à Junho de 1997 (33 jogos), 4 anos e 6 meses, sem conhecer o que é derrota ante seu rival. (veja o histórico no final desta página)

O Primeiro 7×0 registrado em um RE x PA, foi imposto pelo Esquadrão do Clube do Remo, que aplicou no PSC (então Norte Club), em 1926, o primeiro “chocolate” da história dos dois clubes !!!

Na revista Placar (Março de 2003) foi divulgado o ranking de clubes do futebol brasileiro. O Remo aparece em 35 lugar (com a 8ª colocação no Campeonato Brasileiro de 1993). O PSC nem aparece no ranking, por nunca ter chegado entre os 10 primeiros colocados do Campeonato Brasileiro da 1ª divisão.

Em 1993, o Remo chegou a figurar entre as oito maiores forças do Futebol Brasileiro na 1ª Divisão e em 2000 o Leão Azul só parou nas oitavas de finais da copa João Havelange, correspondente ao Brasileirão da 1º divisão – (Série A).

O Clube do Remo foi considerado o “time da década de 90”, conseguindo 8 campeonatos, contra 2 do maior rival. Nesta década foram disputadas 77 partidas, com 34 vitórias azulinas, 28 empates e 15 vitórias bicolores. O Leão é o único clube que conseguiu ser Penta campeão legítimo, sem contestações.

A maior goleada da década de 90 também é Azulina, 4×0 em 31 de Março de 1996, valendo pelo Campeonato Paraense onde o Clube do Remo sagrou-se Tetra campeão Paraense de Futebol.

O Remo é recordista de títulos regionais em uma única década com 8 campeonatos conquistados (90,91,93,94,95,96,97,99). Somente o Grêmio, o Internacional e o Santos possuem o mesmo feito.

 

O Maior Tabu do Futebol Brasileiro

  • Foram 33 jogos (4 anos e 6 meses) sem derrotas para o PSC, de 31/01/1993 até 07/06/1997.

1º JOGO – 31/01/93 – REMO 0 x 0 PSC

Elenco: Flávio; Marcelo, Belterra, Gilberto Cametá e Vanderley; Agnaldo, Dema e Serrano(Alex); Edson, Leco e Luciano Viana(Celso Reis). Técnico: Wanderley Carvalho.

2º JOGO – 07/02/93 – REMO 2 x 1 PSC

Elenco: Luís Carlos; Marcelo, Belterra, Darley e Vanderley; Agnaldo, Dema, Tarcísio e Edson Miranda; Luciano Viana e Celso Reis. Técnico: Wanderley Carvalho.

3º JOGO – 16/05/93 – REMO 0 x 0 PSC

Elenco: Luís Calos; Marcelo, Belterra, Mário César e Batata; Agnaldo, Biro-Biro e Tarcísio; Romeu, Leco e Edson(Júnior). Técnico: Givanildo Oliveira.

4º JOGO – 20/05/93 – REMO 1 x 0 PSC

Elenco: Luís Carlos; Marcelo(Dema), Belterra, Mário César e Batata(Edson); Agnaldo, Biro-Biro e Alberto; Romeu, Cacaio e Júnior. Técnico: Givanildo Oliveira.

5º JOGO – 23/05/93 – REMO 3 x 1 PSC

Elenco: Luís Carlos; Júnior, Belterra, Mário César, Batata e Vanderley; Agnaldo, Biro-Biro e Alberto; Romeu(Tarcísio), Cacaio e Edson. Técnico: Givanildo de Oliveira.

6º JOGO – 05/07/93 – REMO 1 x 0 PSC

Elenco: Luís Carlos; Mário, Marcelo, Flávio II, César e Wanderley(Júnior); Agnaldo, Biro-Biro e Alberto(Tarcísio), Romeu e Cacaio(João Soares). Técnico: Givanildo Oliveira.

7º JOGO – 26/07/93 – REMO 1 x 1 PSC

Elenco: Luís Carlos; Marcelo, Belterra, Marcelo Fernandes e Batata(Tarcísio); Agnaldo, Biro-Biro e Alberto; Romeu, Cacaio(Edson) e João Santos. Técnico: Givanildo de Oliveira.

8º JOGO – 29/07/93 – REMO 1 x 0 PSC

Elenco: Luís Carlos; Marcelo, Belterra, Mário Cezar e Batata; Agnaldo, Biro-Biro e Alberto; Cacaio(Dema) e João Santos(Tarcísio). Técnico: Givanildo Oliveira.

9º JOGO – 04/08/93 – REMO 1 x 0 PSC

Elenco: Luís Carlos; Marcelo, Belterra, Mário Cezar e Batata(Júnior); Agnaldo, Biro-Biro e Alberto; Romeu,Cacaio e João Soares(Tarcísio). Técnico: Givanildo Oliveira.

10º JOGO – 07/09/93 – REMO 2 x 1 PSC

Elenco: Luís Carlos; Marcelo, Belterra, Mário Cezar e Júnior; Agnaldo, Biro-Biro e Edson Boaro(Alex); Edson Ferreira, Ageu e Tarcísio. Técnico: Roberto Brida.

11º JOGO – 06/10/93 – REMO 1 x 1 PSC

Elenco: Luís Carlos; Marcelo, Belterra, Mário Cezar e Júnior; Agnaldo e Biro-Biro(Edson Boaro); Alex, Tarcísio, Giovanni e Ageu(Mauricinho). Técnico: Roberto Brida.

12º JOGO – 23/01/94 – REMO 1 x 0 PSC

Elenco: Clemer; Marcelo, Belterra, Hélio Carioca e Júnior; Hélio Maranhense, Cleberton e Mauro(César); Mazinho, Warison(Alex) e Tarcísio(Adailton). Técnico: Tata.

13º JOGO – 30/01/94 – REMO 4 x 3 PSC

Elenco: Clemer; Marcelo, Belterra, Hélio Carioca(Cezar) e Júnior; Hélio Maranhense, Cleberton e Mauro(Williams); Mazinho, Alex e Tarcísio(Warison). Técnico: Mário Felipe Peres.

14º JOGO – 10/04/94 – REMO 0 x 0 PSC

Elenco: Clemer; Marcelo, Belterra, Ney e Júnior; Cleberton e Mauro(Warison); Mazinho, Alex, Hélio Maranhense e Almir(Williams). Técnico: Tata.

15º JOGO – 24/04/94 – REMO 0 x 0 PSC

Elenco: Clemer; Marcelo, Belterra, Cezar e Júnior; Cleberton, Papelin e Tarcísio; Mazinho, Alex e Ademir(Mauro). Técnico: Tata.

16º JOGO – 08/05/94 – REMO 0 x 0 PSC

Elenco: Clemer; Marcelo, Belterra, Flávio e Júnior; Hélio(Papelin), Cleberton e Mauro; Alex, Tarcísio(Williams) e Almir. Técnico: Tata.

17º JOGO – 04/06/94 – REMO 2 x 1 PSC

Elenco: Clemer; Marcelo, Belterra, Flávio e Júnior; Cleberton, Mauro(Ney) e Mazinho; Helinho(Williams), Almir e Tarcísio. Técnico: Fernando Oliveira.

18º JOGO – 26/06/94 – REMO 1 x 1 PSC

Elenco: Clemer; Marcelo, Belterra, Flávio e Júnior; Cleberton, Mazinho(Cezar) e Alex; Helinho(Mauro), Almir e Tarcísio. Técnico: Fernando Oliveira.

19º JOGO – 11/07/94 – REMO 2 x 2 PSC

Elenco: Clemer; Marcelo, Belterra, Flávio e Júnior; Cleberton, César(Mauro) e Mazinho; Helinho, Alex e Tarcísio(Almir). Técnico: Waldemar Carabina.

20º JOGO – 19/07/94 – REMO 2 x 2 PSC

Elenco: Clemer; Marcelo, Belterra e Flávio; Cleberton, César, Mazinho e Mauro; Helinho, Alex(Jean) e Tarcísio(Almir). Técnico: Waldemar Carabina.

21º JOGO – 21/07/94 – REMO 2 x 0 PSC

Elenco: Clemer; Marcelo, Belterra e Flávio; Cleberton, César, Mazinho e Mauro; Helinho, Alex(Jean) e Tarcísio(Almir). Técnico: Waldemar Carabina.

22º JOGO – 02/04/95 – REMO 1 x 0 PSC

Elenco: Clemer; Marcelo, Belterra, Mário Cezar e Ednelson; Agnaldo, Cleberton e Alencar(Rogerinho); Tinho(Ednaldo); Luís Müller e Castor. Técnico: Hélio dos Santos.

23º JOGO – 11/06/95 – REMO 1 x 0 PSC

Elenco: Clemer; Marcelo, Belterra, Flávio e Ednelson; Agnaldo, Cleberton, Dema e Júnior(Rogerinho); Castor(Bebeto) e Luís Müller. Técnico: Hélio dos Santos.

24º JOGO – 03/08/95 – REMO 0 x 0 PSC

Elenco: Márcio Barboza; Zé Augusto, Belterra, Mário César e Bezerra; Agnaldo, Cleberton, Rogerinho e Edmilson(Ednaldo); Castor(Valber) e Juarez(Júnior). Técnico: Carlinhos da Silva.

25º JOGO – 07/08/95 – REMO 1 x 0 PSC

Elenco: Márcio Barboza; Zé Augusto(Edvaldo), Belterra, Mário César e Bezerra; Agnaldo, Cleberton e Rogerinho; Castor, Edmilson, Rambo(Roberto Michele) e Júnior(Juarez). Técnico: Carlinhos da Silva.

26º JOGO – 31/03/96 – REMO 4 x 0 PSC

Elenco: Claudecir; Marcelo(Jurandir), Belterra, Ney e Júnior; Cleberton, Roberto(Zedivan) e Dema; Andrei(Castor), Edil e Ageu. Técnico: Waldemar Carabina.

27º JOGO – 25/04/96 – REMO 2 x 0 PSC

Elenco: Claudecir; Marcelo, Belterra, Vélber(Flávio) e Júnior; Agnaldo, Cleberton, Dema e Rogério(Rogerinho); Edil e Ageu. Técnico: Waldemar Carabina.

28º JOGO – 26/05/96 – REMO 1 x 1 PSC

Elenco: Claudecir; Marcelo, Belterra, Ney e Ricardo; Agnaldo, Cleberton, Rogério, Castor, Edil e Ageu. Técnico: Waldemar Carabina.

29º JOGO – 04/07/96 – REMO 2 x 1 PSC

Elenco: Claudecir; Marcelo, Belterra, Ney e Júnior; Agnaldo, Rogerinho, Dema(Zedivan) (Flávio) e Rogério; Castor(Valber) e Ageu. Técnico: Waldemar Carabina.

30º JOGO – 01/09/96 – REMO 3 x 2 PSC

Elenco: Claudecir; Júnior; Belterra, Valber(Igor) e Mundão; Cláudio, Ney, Rogerinho e Dema; Edil, Ageu Sabiá(Zé Raimundo). Técnico: Edinaldo Biá.

31º JOGO – 22/09/96 – REMO 1 x 1 PSC

Elenco: Claudecir; Cláudio, Belterra, Roni e Mundão; Agnaldo, Ney, Dema e Igor(Ricardo); Edil e Ageu(Luciano). Técnico: Edinaldo Biá.

32º JOGO – 16/02/97 – REMO 4 x 2 PSC

Elenco: Robson; Cláudio(Ricardo), Belterra, Ney e Júnior; Damião, Roni, Rogério e Edilson(Flávio Goiano); Edil e Ageu Sabiá(Zé Raimundo). Técnico: Fernando Oliveira.

33º JOGO – 13/04/97 – REMO 2 x 1 PSC

Elenco: Robson; Ricardo, Belterra, Juninho e Agnaldo, Júnior, Ney e Rogerinho; Edil, Flávio Goiano e Ageu. Técnico: Fernando Oliveira.

 

Parabéns a maior torcida do Norte. (Fonte: LanceNet)

CLUBE DO REMO

O maior Clube do Norte e um dos maiores do Brasil.

Link permanente para este artigo: http://noronha.pro.br/clubedoremo/re-x-pa-e-o-tabu/